quarta-feira, março 04, 2015

Supremo extingue por unanimidade pena de Genoino

genoino
Devido a Lei da Ficha-Limpa, o ex-presidente do PT não poderá mais concorrer a cargos públicos durante um período de 8 anos
O plenário do Supremo Tribunal Federal extinguiu, por unanimidade de votos dos ministros que acompanhavam o caso, a pena de 4 anos e 8 meses de prisão do ex-presidente do PT, José Genoino, envolvido no escândalo do mensalão. Genoino que já havia recebido progressão de pena e estava em prisão domiciliar desde agosto do ano passado, não tem mais pendências com a Justiça.
A extinção decorre do Indulto Natalino, que beneficia réus primários, com penas baixas e que já tenham cumprido parte da pena.
Ainda assim, devido a Lei da Ficha-Limpa, o ex-presidente do PT não poderá mais concorrer a cargos públicos durante um período de 8 anos até ser liberado para novas eleições.

0 comentários:

Postar um comentário